Regina Duarte comemora redução de cachês para projetos culturais da Lei Rouanet

Bolsonaro e Regina Duarte

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Como parte da política de desmonte da cultura no governo de Jair Bolsonaro, o secretário de fomento da Secretaria Especial da Cultura, André Porciuncula, anunciou a redução do teto para cachês de projetos culturais realizados por meio da Lei Rouanet.

A atriz bolsonarista Regina Duarte festejou a medida nas redes sociais.

Regina, ex-chefe da Secretária Especial da Cultura, entre março e maio de 2020, classificou o corte violento das remunerações como uma “novidade importante para o setor cultural brasileiro”.

De acordo com anuncio de Porciuncula, que é capitão da Polícia Militar (PM), o limite estabelecido deverá ser de R$ 3 mil para os cachês artísticos pagos pela Lei Rouanet.

Conforme norma em vigor desde 2019, o limite do valor de cachês pagos com recursos da lei hoje é de R$ 45 mil para artista ou modelo solo por apresentação e R$ 90 mil para grupos artísticos, menos orquestras.

Com o novo teto, se for aprovado, o limite máximo dessa remuneração cairia em 93%.

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA MAIS