Contrariando Bolsonaro, Mourão diz ser favorável à vacinação de crianças

Hamilton Mourão

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O vice-presidente da república, general Hamilton Mourão, disse nesta sexta-feira (7) ser favorável a vacinação de crianças entre 5 e 11 anos contra a Covid-19. Decisão é contrária ao que pensa Jair Bolsonaro (PL), que na última live semanal na quinta (6) criticou a aplicação da vacina nas crianças.

Nesta semana, o Ministério da Saúde já havia feito uma audiência pública para discutir o assunto. Mas tanto a Anvisa como a comunidade científica criticaram a realização, alegando que a vacina já tinha sido considerada segura pela agência sanitária e está em processo de aplicação em outros lugares do mundo.

Declaração de Mourão vem após Ministério da Saúde anunciar calendário de vacinação

A pasta informou que a vacinação será iniciada em aproximadamente 10 dias ainda no mês de janeiro. Segundo a Pfizer, empresa que fabrica o imunizante, até o fim da metade deste ano 30 milhões de doses para as crianças serão entregues ao Brasil.

Bolsonaro chegou a dizer que não tinha conhecimento de nenhuma criança morta por Covid no país. No entanto, os próprios dados do Ministério da Saúde mostram que até agora 311 crianças morreram pelo vírus.  O ministério também voltou atrás e deixou de exigir prescrição médica para aplicação da vacina na faixa etária infantil.

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA MAIS