Após ser acusada de bolsonarista em 2019, Maitê Proença sinaliza apoio a Lula

Atriz Maitê Proença

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Em publicação nos stories do Instagram, a atriz zombou o fato da obstrução intestinal de Jair Bolsonaro (PL) ter sido causada por camarão mal mastigado.

“Se camarão causou internação do presidente, imagine Lula, diz especialista”, compartilhou.

Bolsonaro ficou internado dois dias no hospital Hospital Vila Nova Star. Maitê aderiu ao deboche de internautas nas redes sociais que tiraram sarro do mandatário, afirmando que o camarão engolido pelo chefe de Estado era “antifascista”, por isso complicou a saúde do presidente brasileiro.

Confira abaixo:

Print Maitê Proença

Acusação de bolsonarista

Em 2019, a atriz foi apontada como bolsonarista por ter supostamente apoiado Bolsonaro nas eleições. O caso aconteceu após artistas e políticos erguerem cartazes contra o governo de Jair Bolsonaro e sua política ambiental na “comissão de frente” do protesto em defesa da Amazônia, na Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro.

Porém, após a repercussão ela afirmou que não votou no mandatário. Ela afirma ter votado na candidata Marina Silva (Rede) e que, no segundo turno, na disputa entre Bolsonaro e Haddad, não votou em ninguém.

COMENTÁRIOS

3 respostas

  1. Se nao votou em ninguém., ficou em cima do muro, não pode reclamar de nada.Quem é omisso, tem que aceitar o que vier. Ou será que Globolixo pressiona seus subordinada à declararem apoio ao Molusco ???

    1. Pois é… A indecisão dela foi exatamente como o de muitos eleitores, que ajudou a eleger esse energúmeno que está na presidência. Se somarmos os votos brancos, nulos e do Haddad, os números são maiores que os votos que Bolsonaro recebeu…
      Então, para 2022 espero que menos pessoas fiquem ‘em cima do muro’, e ajudem a eleger Lula!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA MAIS