Bolsonaro é ruim ou péssimo para 57%, diz pesquisa feita após férias do presidente

Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Pesquisa PoderData divulgada nesta quinta-feira (6) mostra que Jair Bolsonaro (PL) manteve os 57% de avaliação ruim e péssima do levantamento realizado 15 dias antes. O novo estudo foi feito entre os dias 2 e 4 de janeiro, quando o presidente interrompeu as férias para se internar às pressas em São Paulo após nova obstrução intestinal.

A pesquisa mostra ainda que 24% dos entrevistados avalia o trabalho do presidente como ótimo/bom e 14% vêem como regular.

O levantamento mostra ainda que o governo Bolsonaro é reprovado por 61% dos brasileiros – há 15 dias eram 63%, oscilação na margem de erro. Outros 31% dizem que aprovam e 8% não sabem.

A desaprovação fica acima de 50% em todosos recortes. Entre as mulheres chega a 66% – 56% entre homens. Em relação à faixa etária, a maior rejeição está entre aqueles que têm entre 25 e 44 anos, com 68%. A menor está entre aqueles que têm mais de 60 anos, com 54%.

No Nordeste, a desaprovação de Bolsonaro bateu 70%. Por outro lado, o Sul registra 51% – Sudeste é de 60%, Centro-Oeste de 62% e Norte de 60%.

Em relação à escolaridade, 70% de quem tem ensino superior desaprova o governo, com ensino médio são 60% e 59% entre aqueles que cursaram apenas o fundamental.

A desaprovação de Bolsonaro é maior entre aqueles que ganham até dois salários mínimos, com 66%. Sem renda fixa são 62%, de 2 a 5 salários mínimos são 54% e mais de 5 salários mínimos de 62%.

A pesquisa foi realizada por meio de ligações para telefones celulares e fixos. Foram 3.000 entrevistas em 501 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA MAIS