Rejeição a Bolsonaro dispara: ruim/péssimo chega a 51,5%, aponta pesquisa

Jair Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

A popularidade de Jair Bolsonaro continua desidratando, especialmente pela desastrosa condução da política de combate à pandemia do coronavírus.

Em termos gerais, ou seja, considerando não apenas o enfrentamento à Covid-19, o governo Bolsonaro recebeu 51,5% de avaliação ruim/péssimo, de acordo com pesquisa Exame/Ideia, divulgada nesta sexta-feira (9).

Segundo o levantamento, apenas 24% dos entrevistados avaliam a gestão Bolsonaro como ótimo/bom e 22%, como regular. Os que não sabem responder somam 2,5%. 

Ainda de acordo com a pesquisa, 55% dos entrevistados reprovam a forma como Bolsonaro gerencia a crise da pandemia (16% de ruim e 39% de péssimo).

Os números mostram que 23% aprovam o trabalho do governo na pandemia (9% de ótimo e 14% de bom). Ao todo, 20% acham regular e 2% não sabem responder.

Prefeitos em alta

Em contrapartida, a ação de governadores e, principalmente, de prefeitos aparece melhor avaliada do que a do governo federal. Em relação à pandemia, enquanto Bolsonaro tem 23% de avaliações ótimo/bom, os governadores somam 29% e os prefeitos, 33%.

O levantamento entrevistou 1.259 pessoas, entre os dias 5 e 7 de abril. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Fonte: Revista Fórum

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA MAIS