Ex-BBB Carla Diaz reage a inquérito sobre “racismo reverso”: “Não existe!”

Ex-BBB Carla Díaz

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

A atriz Carla Diaz, ex-participante do Big Brother Brasil 21 (BBB21), publicou um vídeo em suas redes sociais nesta quinta-feira (8) criticando a abertura de um inquérito policial que a colocada como vítima de racismo reverso.

A atriz disse que foi chamada a prestar depoimento e classificou a investigação como absurda.

“Essa semana, fui surpreendida por um policial da Delegacia de Crimes Raciais. Sim, bateram na minha porta. Eu levei um susto, óbvio, porque alguém pediu pra delegacia instaurar um inquérito e vou ter que prestar esclarecimento sobre um procedimento de preconceito racial, como se eu fosse a vítima. Como se eu tivesse sido vítima de discriminação! Quero dizer que acho isso tudo um absurdo, meu advogado já está vendo isso”, afirmou a atriz em vídeo.

“Acho importante afirmar aqui que racismo reverso não existe! Por favor, vamos ler, vamos nos informar, a internet está aí pra isso. O programa debateu racismo a semana toda. Estou muito chateada com essa situação”, prosseguiu.

Diaz não deu detalhes sobre o procedimento. O deputado estadual bolsonarista Anderson Moraes (PSL), do Rio de Janeiro, e o vereador Thammy Miranda (PL), filho da cantora Gretchen, de São Paulo, já haviam afirmado que acionariam a polícia contra a ex-BBB Lumena Aleluia alegando que ela teria cometido um suposto “racismo reverso” contra a atriz.

Confira o vídeo publicado nas redes sociais da atriz.

Fonte: Revista Fórum

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *