Gilmar sobre Lava Jato: “Essa gente anda fumando erva estragada”

Ministro Gilmar Mendes em sessão virtual da 2ª turma do STF

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Na tarde desta terça-feira (6), a 2ª turma do STF (Supremo Tribunal Federal) julgou a suspensão de ação penal contra o contra ministro do TCU Vital do Rêgo Filho, denunciado no âmbito da Lava Jato pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. 

O ministro Gilmar Mendes votou pelo arquivamento das investigações e pelo trancamento da ação penal e aproveitou para criticar a denúncia costurada contra o ministro do TCU.

De acordo com Gilmar, o MP (Ministério Público) não conseguiu demonstrar o recebimento de recurso financeiro indevido e, além disse, se utilizou de fatos descontextualizados e desconexos para tentar fechar o cerco contra Vital do Rêgo Filho.

O ministro ainda disse: “Os autores dessa denúncia andam bebendo e fumando coisas estragadas”. Gilmar Mendes também afirmou que a denúncia estava “confusa” e a relacionou com o ex-Procurador Geral da Repúlica, Rodrigo Janot e o problema com o alcoolismo:

“Se a denúncia tivesse sido escrita pelo antigo procurador Janot, nós diríamos: ah! estava naquele estado, estava alcoolizado. Mas não, não se trata de uma denúncia oferecida por Janot, mas é uma denúncia confusa.”

Veja o vídeo do canal do site Migalhas:

Fonte: Migalhas

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *