Janaina Paschoal propõe que jovens tenham prioridade no acesso a leitos hospitalares, em detrimento dos idosos

Janaína Paschoal

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Contratada pelo PSDB para escrever o parecer jurídico que deu sustentação ao golpe de 2016, sobre as chamadas “pedaladas fiscais”, a deputada estadual Janaína Paschoal, que é bolsonarista, apresentou neste sábado uma ideia inconcebível: a de que jovens tenham preferência no acesso aos leitos hospitalares.

Na sua visão, o sistema de saúde deve optar por aqueles que teriam mais tempo de vida pela frente.

“Amigos, já no início eu dizia que esta doença não ataca apenas idosos e pessoas com comorbidades, o que não seria pouco. Os números, no Brasil, infelizmente, mostram que nossos jovens estão padecendo. Além das medidas de segurança que todos conhecem: álcool gel, máscaras… Peço não realizarem festas, baladas, comemorações, manifestações, aglomerações de toda e qualquer natureza. Vejam, não estou falando de medidas restritivas, multas, detenções, etc. Sou crítica a esses autoritarismos. Falo de consciência! As mortes de jovens por COVID 19 são realidade no Brasil. Há situações inevitáveis… muitos trabalham em atividades essenciais… como os entregadores de alimentos… Mas há situações plenamente adiáveis, até para que haja um futuro para cada qual. Eu me preocupo com todas as vidas! Mas as vidas daqueles que viveram menos me preocupam mais. Aliás, penso que já estejamos no momento de estabelecer claramente regras para priorizar o uso dos recursos disponíveis: leitos, respiradores, etc. É pesado, mas é necessário!”, escreveu a deputado no seu perfil do Twitter.

Confira a publicação.

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA MAIS