Para driblar fiscalização de medidas restritivas escola particular de SC esconde crianças no banheiro

Escolas adotam medidas contra o coronavírus

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Fiscais da vigilância sanitária de Florianópolis (SC) interditaram uma escola particular da cidade, nesta quinta-feira (18), após flagrarem que a instituição estava funcionando normalmente, em desrespeito ao decreto da prefeitura que proibiu as aulas particulares até o dia 23 de março para conter o avanço da pandemia.

Ao chegarem no local, os agentes constataram que funcionários da escola esconderam 20 crianças no banheiro, com o intuito de driblar a fiscalização.

A instituição, que não teve o nome divulgado, foi multada o valor de R$ 2,5 mil por manter as aulas presenciais e também por estar atuando sem alvará sanitário.

Atualmente, Florianópolis está com a taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) em 97%. “Neste momento, a suspensão das aulas presenciais pode contribuir com a rápida redução destes números, interrompendo as cadeias de transmissão no ambiente escolar”, diz nota da prefeitura da capital catarinense.

Fonte: Revista Fórum

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA MAIS