Prefeito do Rio, Marcelo Crivella é preso em operação que investiga “QG da Propina”

Prefeito Marcelo Crivella

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Foi preso na manhã desta terça-feira (22) o prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella (Republicanos). A ação é da Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro. Trata-se de um desdobramento da Operação Hades, que investiga um suposto “QG da Propina” na Prefeitura do Rio. A investigação começou em 2018.

Também foram presos o delegado Fernando Moraes e o empresário Rafael Alves, irmão de Marcelo Alves, ex-presidente da Riotur.

Rafael Alves é apontado como um dos operadores do esquema. Embora não tivesse cargo na Prefeitura, Alves dava expediente da Cidade das Artes e se tornou, segundo as investigações, homem de confiança de Crivella, ajudando-o a viabilizar a doação de recursos na campanha de 2016.

A investigação tem como base a delação do doleiro Sergio Mizrahy, preso pela Operação Câmbio, Desligo.

Na eleição do mês passado, Crivella perdeu no segundo turno por 64% a 36% para o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM).

Fonte: Carta Capital

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *