Wagner Moura: “Não posso torcer para esse governo dar certo porque tudo o que esse governo propõe, acho errado”

Ator Wagner Moura

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Em entrevista para a revista Marie Claire ator se manifestou quando questionado sobre o governo de Jair Bolsonaro e sobre a ex-secretária de cultura, Regina Duarte.

“Quando o Bolsonaro se elegeu, algumas pessoas diziam: ‘Temos que torcer para tudo dar certo’. Eu respondia: ‘Não posso torcer para esse governo dar certo porque tudo o que esse governo propõe, acho errado’. Bolsonaro acabou com o Ministério da Cultura. Nessa área específica, se você torcer para dar certo, é torcer para o fim de qualquer coisa que diga respeito ao pensamento crítico. Por outro lado, não sou eu que vou criticar a Regina Duarte (ex-secretária Especial de Cultura). Discordo de tudo o que ela fala, mas não acho que a gente tenha de escolher a Regina Duarte como alvo. Se ela acha que está fazendo algo pela arte, que bom que tem alguém lá que não seja um nazista’, respondeu Wagner Moura, quando perguntado sobre como avaliava o governo Bolsonaro na área da Cultura.

A entrevista com o ator, que mora em Los Angeles (EUA), foi realizada por videoconferência, há cerca de um mês. Antes da publicação da reportagem, a Marie Claire perguntou se ele gostaria de rever sua posição, diante das declarações da secretária.

A reportagem foi atualizado depois que Regina Duarte relativizou os mortos pela ditadura e as vítimas de coronavírus, na CNN Brasil.‌‌‌

“Errei. Regina Duarte, assim como seu predecessor, também é nazista”, respondeu Wagner Moura.‌

O antecessor de Regina Duarte, Roberto Alvim, gravou um vídeo em que reproduzia o discurso e a estética nazista. Ele acabou demitido após intensa repercussão negativa.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *