Financial Times diz que Bolsonaro põe em risco a saúde dos brasileiros

Bolsonaro participa de manifestação em Brasília

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O jornal britânico Financial Times publicou mais um editorial, na terça-feira (20) com críticas diretas ao presidente Jair Bolsonaro. Depois de afirmar, em 28 de abril, que o ex-capitão estaria se “auto-destruindo”, a publicação apontou que o mandatário não leva à sério a pandemia.

“Bolsonaro parece apostar que o pico de infecções chegará em breve e que ele poderá escapar da culpa pelos danos econômicos causados pelo isolamento. Essa aposta, que arrisca a saúde de 210 milhões de brasileiros, parece improvável”, diz trecho do editorial do FT, um dos jornais econômicos mais prestigiados do mundo.

“O líder de extrema-direita do Brasil, Jair Bolsonaro, tratou a Covid como uma ‘gripezinha” e disse ao povo ‘para enfrentar o vírus como um homem, caramba’. Ele atacou os governadores estaduais que impuseram seus próprios bloqueios e demitiu seu respeitado ministro da Saúde (o funcionário que o substituiu renunciou após menos de um mês)”, afirma ainda o periódico.


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


Segundo o FT, nenhum país da América Latina escapará do impacto econômico devastador da pandemia do coronavírus, mas que alguns países conseguiram evitar um cenário catastrófico em termos sanitários, como Argentina, Uruguai, Costa Rica e Colômbia.

Em 28 de abril, o FT afirmou em editorial que Bolsonaro está reunindo elementos para o próprio impeachment. O artigo considera que o processo da demissão do ex-ministro Sérgio Moro levanta suspeitas de que Bolsonaro esteja de fato atuando com o propósito de proteger os filhos de possíveis investigações. O texto defende que, se comprovadas, as colocações de Moro são motivo para impeachment.

Com informações da Revista Fórum

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *