Jornalista Juca Kfouri lança campanha para mudar a cor da camiseta da Seleção Brasileira: “Cores da morte”

Seleção brasileira de branco

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Nesta quinta-feira (14), o blog do jornalista esportivo Juca Kfouri lançou uma campanha cujo objetivo está bem claro já no título do texto: “Campanha para mudar a camisa da Seleção”.

A coluna é escrita pelo cineasta e também jornalista João Carlos Assumpção, e defende que a camiseta da Seleção Brasileira já “não representa boa parte da sociedade brasileira, aquela que ainda acredita num país melhor, democrático, humano e que trabalhe a questão da inclusão social”.

“Diante do que temos visto de 2016 para cá e da apropriação que um grupo, parte do qual armado e com práticas truculentas, fez das cores do Brasil, o verde e amarelo, é essas cores, no momento, não nos representam”, comenta Assumpção.


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


O texto também argumenta que as cores verde e amarela, apropriadas por grupos de direita radical, “viraram, lamentavelmente, as cores da morte, do genocídio”.

A alternativa, segundo a campanha, seria voltar à camiseta branca, abandonada depois da derrota na final da Copa de 1950, no Maracanã, para o Uruguai. “O Brasil de branco, o branco da paz, e com gola azul. Como em 1950. E sem o atual governo que deveria renunciar”, defende o jornalista.

Para ler o texto completo basta clicar neste link.

COMENTÁRIOS

2 respostas

  1. A CBF com seus dirigentes todos envolvidos em corrupção e descaminhos e a apropriação da camisa da seleção por grupos políticos radicais e truculento e com apelo anti democrático ficou muito difícil associar aquela camisa com o Brasil do coração do brasileiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *