Bolsonaro diz a empresários que é preciso “partir para cima” de governadores porque “é guerra”

Jair Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

A videoconferência, feita pelo aplicativo Zoom, acabou vazando para jornalistas, que puderam escutar a fala do presidente. Em sua participação, Bolsonaro se queixou da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que deu a governadores e prefeitos a prerrogativa de determinar sobre restrições. E acusou os governos regionais de “tentar quebrar a economia para atingir o governo”.

“Então o que parece que está acontecendo é uma questão política, tentando quebrar a economia, para atingir o governo. É isso que parece que está acontecendo. E essa medida agora que o Fabio Wanjgarten falou aqui sobre São Paulo, ameaça de ‘lockout’ [sic], ou seja, um apagão total, é inimaginável”, afirmou.


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


“Um homem está decidindo o futuro de São Paulo, está decidindo o futuro da economia do Brasil. Os senhores, com todo o respeito, têm que chamar o governador e jogar pesado, jogar pesado, porque a questão é séria, é guerra. É o Brasil que está em jogo”, declarou Bolsonaro. Bolsonaro lembrou que há dois meses vem dizendo que há duas ondas relacionadas à covid-19. “Tem a questão da vida e o desemprego, que deviam ser tratados da mesma forma, com a mesma responsabilidade”, afirmou.

“O que aconteceu ao longo do tempo? O Supremo decidiu que cada governador é dono do seu Estado. Um só decide. Os prefeitos, por sua vez, têm que acolher as decisões emanadas pelos governadores e podem impor medidas mais restritivas ainda.”

Com informações do Valor Econômico

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *