Ricardo Salles diz ter sido expulso do partido Novo e reforça apoio a Bolsonaro

Bolsonaro e Ricardo Salles

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, anunciou nesta quinta-feira (7), em sua conta no Twitter, que foi expulso de seu partido, o Novo.

Segundo ele, o motivo do desligamento foi ter aceito o cargo sem “qualquer informação prévia ou pedido de autorização ao Partido Novo”. Salles está no governo Bolsonaro desde o início, em 2019.

“Fui comunicado da minha expulsão por ter assumido ‘sem qualquer informação prévia ou pedido de autorização ao Partido Novo, o cargo de Ministro de Estado do Meio Ambiente no governo do atual presidente sr. Jair Messias Bolsonaro”, esclareceu Salles. “Entre Amoedo [fundador e principal líder do partido Novo] e Bolsonaro, fico com Bolsonaro!”, finalizou, reforçando seu apoio ao chefe.


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


Confira a publicação no Twitter

Pouco mais de uma hora depois da publicação de Salles, João Amôedo também foi às redes para se pronunciar sobre a decisão do partido – e evitou polemizar. “Em meio a uma pandemia, com uma crise econômica e política, não devemos criar novas polêmicas. Desejo sucesso a Ricardo Salles em sua próxima legenda, e que ele passe a fazer escolhas baseadas em ideias, princípios e valores”, escreveu.

Confira a publicação no Twitter

Com informações da Carta Capital

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *