Bruno Gagliasso a Regina Duarte: “Não dá pra desculpar sua naturalização da barbárie”

Bruno Gagliasso

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O ator Bruno Gagliasso foi às redes sociais na noite desta quinta-feira (7) para criticar a secretária da Cultura, Regina Duarte, que deu uma entrevista à CNN Brasil com comentários que minimizam a ditadura militar, a tortura do período e mortes de artistas. Para o ator, não há como desculpar Regina depois dessa fala.

“Não dá pra desculpar não, Regina. Não dá pra desculpar o seu deboche com torturados pelo Estado, sua naturalização da barbárie. Não dá pra desculpar sua arrogância ao dar de ombros às minorias, esquecendo-se que a senhora é parte do governo e tem a obrigação de trabalhar para todos, não apenas sua pretensa maioria”, escreveu Gagliasso no Instagram.

“Não dá pra desculpar seu silêncio, sua falta de projetos, a forma como você trata os trabalhadores do audiovisual brasileiro. Não dá pra desculpar sua falta de diálogo com a categoria, a sua estupidez com jornalistas e ex-colegas de trabalho. Não dá pra desculpar a preferência que a senhora tem por ditadores, genocidas, irresponsáveis, gente sem compromisso com a verdade e com a vida”, continuou.


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


Durante a entrevista, Regina deu um chilique, segundo palavras da própria, após a exibição de um vídeo da atriz Maitê Proença questionando os feitos da secretária no governo Bolsonaro.

A atriz também se negou a comentar sobre a defesa do presidente Jair Bolsonaro à ditadura militar. “Eu não quero ficar olhando pra trás. Se eu ficar olhando pro retrovisor, eu vou dar trombada. Tem que olhar pra frente, tem que amar o país. Ficar cobrando coisas que aconteceram nos anos 60, 70, 80…”

Confira a publicação no Instagram

Ver essa foto no Instagram

Não dá pra desculpar não, Regina. Não dá pra desculpar o seu deboche com torturados pelo Estado, sua naturalização da barbárie. Não dá pra desculpar sua arrogância ao dar de ombros às minorias, esquecendo-se que a senhora é parte do governo e tem a obrigação de trabalhar para todos, não apenas sua pretensa maioria. Não dá pra desculpar seu silêncio, sua falta de projetos, a forma como você trata os trabalhadores do audiovisual brasileiro. Não dá pra desculpar sua falta de diálogo com a categoria, a sua estupidez com jornalistas e ex-colegas de trabalho. Não dá pra desculpar a preferência que a senhora tem por ditadores, genocidas, irresponsáveis, gente sem compromisso com a verdade e com a vida. Não dá pra desculpar os 9.146 corpos que estão enterrados com uma pá de descaso do seu governo. Não dá pra desculpar todos esses caixões que a senhora desenterra e carrega nas costas junto com seu governo e com sua ideologia monstruosa. Não dá pra te desculpar, Regina. Não dá pra desculpar.

Uma publicação compartilhada por Bruno Gagliasso 🐺⚡️🌳🌻 (@brunogagliasso) em

Com informações da Revista Fórum

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *