Biólogo Átila Iamarino afirma que sem vacina mundo pode ter constante “abre-e-fecha”

Biólogo Átila Iamarino

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Doutor em virologia pela USP e com pós-doutorado em Yale, o biólogo Átila Iamarino avalia que o mundo pode não viver em situação contínua de emergência, mas provavelmente farão estados alternados, em que países abrem e fecham atividades e fronteiras conforme enfrentam novos ciclos de contaminação.

“Permanente não sei, mas alternando ciclos de abertura e fechamento é muito provável”, diz ao jornal Valor Econômico. De acordo com o estudioso, “o Brasil ruma para ser líder em casos e óbitos”.


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


“Não sabemos o que está acontecendo no Brasil. Estamos tropeçando em corpos”, afirma.

“A humanidade caminha para ser cada vez mais fácil criar uma pandemia nova. A covid está trazendo reflexões importantes sobre fragilidades sistêmicas financeiras, educacionais e sanitárias”, completa

Leia a íntegra no Valor

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *