Carlinhos “Mendigo” cita Bolsonaro e debocha da pandemia em “festa da Covid”

Humorista Carlinhos "Mendigo"

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O humorista Carlinhos da Silva, conhecido pelo personagem “Mendigo” no programa Pânico na TV, voltou a debochar da pandemia do coronavírus ao realizar mais uma edição da “Covid Party” (Festa da Covid) na última sexta-feira (1º). O humorista está com um grupo de amigos em uma mansão na região de Angra dos Reis, e esta seria a terceira vez que ele realiza festas em meio à pandemia.

Após publicar uma série de vídeos e fotos nas redes sociais, que mostram Mendigo aproveitando rodas de pagode e festas em barcos, o humorista virou alvo de críticas na Internet. Para se defender, ele cita o presidente Jair Bolsonaro e critica as recomendações contra a doença, como o isolamento social e o uso de máscaras.


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


“Em casa com dez pessoas, conversando de boa e batendo um papo é sadio. Já se ligar o som nesse mesmo ambiente é megafesta, imprudência, irresponsabilidade, etc. Que eu viva e morra assim então, não festejando ou aglomerado, mas vivendo, sendo feliz diariamente”, escreveu Carlinhos no Instagram, em uma primeira publicação sobre sua festa.

Com as críticas, Carlinhos passou a criticar o isolamento. “Deixem as pessoas viverem do jeito que elas querem viver. Liberdade é isso: eu querer usar a minha máscara ou não. Não é obrigatório, é recomendado! Qual o problema de eu ficar sem máscara com um monte de gente que não tem o vírus? Ou que supostamente não tem? Ou que tem e não se manifestou?”, disse o humorista.

Na sequência, o humorista afirmou que a imprensa tem uma abordagem exagerada com relação a pandemia, e citou como exemplo falas de Bolsonaro.

“Agora emissora de televisão fica fazendo esse inferno na mente de vocês. Por que que o presidente vai lá sem máscara, que é o nosso líder, o meu pelo menos. Por que ele vai lá sem máscara e não pega (a doença)? Por que tem muita gente aí pegando, se tratando e curando?”, disse.

Confira os tweets

Com informações da Revista Fórum

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *