Bolsonaro nomeia homem de confiança de Ramagem para diretor-geral da Polícia Federal

Rolando Alexandre de Souza

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Após dias de intensa especulação, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nomeou, na manhã desta segunda-feira (4), o novo diretor-geral da Polícia Federal (PF). O órgão será conduzido agora pelo delegado Rolando Alexandre de Souza, atual secretário da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

O nome dele era um dos mais cogitados para o cargo e foi confirmado por meio do Diário Oficial da União (DOU), com assinaturas do presidente e do ministro da Advocacia-Geral da União (AGU), André Mendonça.


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


O novo gestor é apontado como homem de confiança de Alexandre Ramagem, o nome que o chefe do Executivo tentou emplacar para o cargo, mas que foi vetado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes na última quarta-feira (29), após uma ação ajuizada pelo PDT. Por conta disso, a nomeação de Souza é vista como uma tentativa de contornar a decisão da Corte.

A troca de comando na PF foi o estopim da crise política envolvendo Bolsonaro e o ex-ministro da Justiça Sérgio Moro, que deixou o cargo no último dia 24, após Maurício Valeixo ser demitido da direção-geral do órgão.

Com informações do Brasil de Fato 

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *