Apoiadores de Moro e Bolsonaro entram em confronto em frente à PF

Manifestantes em frente à PF em Curitiba

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Apoiadores do ex-ministro Sergio Moro e do presidente Jair Bolsonaro entraram em confronto em frente à sede da Polícia Federal, em Curitiba, neste sábado 2. Os grupos, que portavam faixas de apoio, chegaram a protagonizar um empurra empurra. Os simpatizantes do presidente chamaram Moro de traíra e seus apoiadores de comunistas.

Confira:

A imprensa que estava no local também foi alvo dos manifestantes. Um cinegrafista da RIC, afiliada da rede a Record no Paraná, foi empurrado por uma manifestante que segurava uma bandeira do Brasil e gritava palavras de ordem contra a Rede Globo. Ele foi contido por policiais e deixou o local.


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


Moro chegou ao prédio da PF por volta das 13h15, mas entrou pelos fundos, frustrando a expectativa dos manifestantes. A chegada inflamou ainda mais os ânimos dos militantes, que na maioria gritou palavras de ordem contra o ex-ministro.

O ex-ministro será questionado sobre as acusações de que o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir no trabalho da PF e em inquéritos relacionados a familiares. As acusações foram feitas pelo ex-ministro quando ele anunciou sua saída do governo, há uma semana.

O depoimento foi determinado pelo ministro Celso de Mello, relator do caso, e será colhido presencialmente por delegados da PF e acompanhado pelos procuradores que tiveram autorização do ministro Mello. São eles: João Paulo Lordelo Guimarães Tavares, Antonio Morimoto e Hebert Reis Mesquita.

Fonte: Carta Capital

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *