Microempreendedores Individuais chegam a 10 milhões no Brasil

Microempreendedores individuais

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O Brasil ultrapassou a marca de 10 milhões de MEIs (microempreendedores individuais) na última sexta-feira (25), segundo o Portal do Empreendedor. A modalidade registrou 586 mil novas adesões nos 4 primeiros meses de 2020. Em abril, foram 98.000 novos registros.

O número de MEIs teve alta de 10,6% em comparação ao final de 2019, quando fechou em 9,43 milhões.


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS


Criado em 2009, o MEI é um regime tributário simplificado para autônomos e pequenos empresários. A modalidade permite que os microempreendedores com faturamento anual de até R$ 81.000 se formalizem e obtenham um CNPJ. Por meio do MEI, é possível emitir notas fiscais, registrar até 1 empregado e ter direitos e benefícios previdenciários.

Auxílio Emergencial

Os microempreendedores individuais fazem parte do grupo beneficiados pelo Auxílio Emergencial de R$ 600 anunciado pelo governo para mitigar o impacto econômico da pandemia de coronavírus. Segundo o Sebrae, 3,6 milhões de MEIs vão ser beneficiados, o que representa 36% da categoria.

Terão direito ao benefício pessoas com renda familiar de até R$ 3.135 ou R$ 522,50 por pessoa.

Fonte: Poder 360

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *