Luciano Huck: “se você tributar a fortuna, acho que o dinheiro escapa (do país)”

Luciano Huck

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Com pretensões de disputar a Presidência da República em 2022, o apresentador da Globo, Luciano Huck, disse nesta segunda-feira (27) achar que a taxação de grandes fortunas pode prejudicar o país.

A afirmação de Huck foi feita durante painel sobre desigualdade na Brazil Conference at Harvard & MIT, evento realizado por videoconferência e transmitido pelo Estado de S.Paulo.


Fique informado, acompanhe o blog Contra Corrente nas redes sociais:
Facebook, Instagram e Twitter


O apresentador afirmou que  “a gente tem que rever isso, a reforma (tributária) é super importante. Se você tributar a fortuna, acho que o dinheiro escapa (do país). Vão ter engenharias fiscais que vão fazer o dinheiro não ficar mais aqui e isso seria ruim para o país.”

Segundo a reportagem, “também participaram do debate sobre o tema o deputado federal Felipe Rigoni (PSB/ES), parceiro de Huck no movimento RenovaBR, e a socióloga Katia Maia, diretora-executiva da Oxfam Brasil, que argumentou a favor da taxação de fortunas. Contrariado por Katia, Huck recuou, disse que não era “técnico”, mas sim “curioso”, defendeu a taxação de lucros e dividendos, e então não comentou sobre o que havia dito antes sobre taxação de fortunas.”

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *