Pannunzio: “Se o Zé Eduardo Cardoso tivesse agido como Moro não haveria impeachment”

Fábio Pannunzio

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O jornalista Fábio Pannunzio disse, em sua conta do Twitter, nesta terça-feira (4), que se o ex-ministro da Justiça e advogado-geral da União do Brasil, José Eduardo Cardoso, tivesse agido como o atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, não teria acontecido o impeachment de Dilma Rousseff.


Fique informado, acompanhe o blog Contra Corrente nas redes sociais:
Facebook, Instagram e Twitter


“Sérgio Moro está provando por A + B q o PT tinha razão quando criticava o José Eduardo Cardozo. O relatório q inocenta Flávio Bolsonaro deixa claro que era possível transformar a Polícia Federal na guarda pretoriana do regime. Se o Zé Eduardo tivesse agido como Moro, não haveria impeachment”, afirma o jornalista.

Confira a publicação no Twitter

Não há indícios de crime

Sob o comando de Sergio Moro, a Polícia Federal finaliza um relatório que deve livrar o senador Flávio Bolsonaro (PSL/RJ) de ao menos dois de uma série de processos que ele tem sido alvo.

Sob a responsabilidade do delegado Erick Blatt, o documento que será entregue à Justiça nos próximos dias diz que não há indícios de que o filho de Jair Bolsonaro tenha cometido os crimes de lavagem de dinheiro e de falsidade ideológica na investigação eleitoral que trata das negociações de imóveis e da sua declaração de bens na eleição de 2018.

Fonte: Revista Fórum

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *