Questionado sobre Onyx, Bolsonaro diz que esteve com ele e encerra coletiva

Onyx Lorenzoni e Jair Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O presidente Jair Bolsonaro foi questionado no final da tarde desta sexta-feira (31) sobre como está a situação com o ministro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM/RS). Aparentando descontentamento com o questionamento, o mandatário disse que esteve com ele “agora pouco” e encerrou a coletiva.

“Já que deturpou a conversa acabou a entrevista”, respondeu. A coletiva em frente ao Palácio do Alvorada tinha como tema focal o coronavírus. Bolsonaro afirmou que não irá fechar as fronteiras do país e nem resgatar os brasileiros que estão na China querendo retornar.


Fique informado, acompanhe o blog Contra Corrente nas redes sociais:
Facebook, Instagram e Twitter


O ministro Onyx antecipou a volta do recesso e desembarcou na manhã desta sexta-feira (31) em Brasília. A expectativa é que ele se reúna com o presidente Jair Bolsonaro para tratar das sucessivas perdas de poder da pasta da Casa Civil.

Na quinta-feira (30), Onyx Lorenzoni perdeu o controle sobre o Programa de Parcerias de Investimento (PPI) e teve auxiliares diretos demitidos da pasta. Leia mais

Ao desembarcar nesta sexta no aeroporto de Brasília, Onyx confirmou que iria tratar do esvaziamento da pasta com Bolsonaro, mas não especificou a data.

“Eu preciso compreender, preciso conversar com o presidente. Entender as razões, ele também vai ouvir uma série de questões que eu vou esclarecer a ele. Mas a nossa relação é de muita amizade, a nossa relação é de muita confiança entre um e outro, nós somos amigos há mais de 20 anos. Eu tenho certeza de que o entendimento vai prevalecer”, disse o ministro segundo o G1.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *