Justiça do Rio nega pedido ao autor do ataque a produtor do Porta dos Fundos e mantém mandado de prisão

Eduardo Fauzi

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

A 6ª Câmara Criminal do Rio de Janeiro negou o pedido de habeas corpus feito pela defesa de Eduardo Fauzi Richard Cerquise, suspeito de ser um dos integrantes do grupo que promoveu o ataque terrorista à sede do grupo Porta dos Fundos, na véspera de Natal.


Fique informado, acompanhe o blog Contra Corrente nas redes sociais:
Facebook, Instagram e Twitter


A informação é do colunista Ancelmo Gois, do O Globo. Foragido na Rússia, Fauzi tem um mandado de prisão temporária expedido.

Ao negar o pedido de Fauzi, o desembargador afirmou que o ataque contra a produtora do Porta se enquadra na hipótese de “tentativa de homicídio e, portanto, cabe a prisão temporária”. 

A defesa de Fauzi talegava que o caso seria de “mero dano patrimonial causado por explosão”.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *