Giro internacional de Juan Guaidó foi um “fracasso político”, diz analista

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

“Eu acho que a turnê de Guaidó no exterior foi um fracasso político e um desperdício de recursos do contribuinte americano, porque é o governo dos Estados Unidos que está pagando”, disse à Sputnik Ernesto Wong, professor da Escola de Estudos Internacionais da Universidade Central da Venezuela.


Fique informado, acompanhe o blog Contra Corrente nas redes sociais:
Facebook, Instagram e Twitter


Guaidó partiu em 19 de janeiro da Venezuela, zombando de uma medida preventiva que proíbe a saída dele do país, para um giro que incluiu Colômbia, Bélgica, Reino Unido, Suíça, França, Espanha e Canadá.

Wong disse que o giro serviu para detectar alguns sinais, especialmente a resposta do governo espanhol, informa o site Sputnik.

Durante sua estada em Madri, o parlamentar da oposição se encontrou com o ministro das Relações Exteriores, Arancha González, e até com militantes da oposição naquela cidade, mas não com o chefe de governo, Pedro Sánchez, que alegou que estaria em Valência.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *