Giro internacional de Juan Guaidó foi um “fracasso político”, diz analista

COMPARTILHE ISSO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

“Eu acho que a turnê de Guaidó no exterior foi um fracasso político e um desperdício de recursos do contribuinte americano, porque é o governo dos Estados Unidos que está pagando”, disse à Sputnik Ernesto Wong, professor da Escola de Estudos Internacionais da Universidade Central da Venezuela.


Fique informado, acompanhe o blog Contra Corrente nas redes sociais:
Facebook, Instagram e Twitter


Guaidó partiu em 19 de janeiro da Venezuela, zombando de uma medida preventiva que proíbe a saída dele do país, para um giro que incluiu Colômbia, Bélgica, Reino Unido, Suíça, França, Espanha e Canadá.

Wong disse que o giro serviu para detectar alguns sinais, especialmente a resposta do governo espanhol, informa o site Sputnik.

Durante sua estada em Madri, o parlamentar da oposição se encontrou com o ministro das Relações Exteriores, Arancha González, e até com militantes da oposição naquela cidade, mas não com o chefe de governo, Pedro Sánchez, que alegou que estaria em Valência.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *