Justiça condena Haddad a pagar R$ 79,1 mil a Edir Macedo

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O candidato a presidência da República pelo Partido dos Trabalhadores nas eleições deste ano, Fernando Haddad, sofreu mais uma derrota, desta vez na Justiça.

Na ação, Haddad se defendeu dizendo que não tinha intenção de ofender o líder religioso, mas isso não foi suficiente para o juiz Marco Antonio Botto Muscari, que afirmou na decisão que o petista sabia que suas palavras seriam ofensivas.

“Pode-se gostar ou não da crença, da figura e da Igreja do autor. Pode-se evitar seus templos, seus programas de televisão e inclusive dar notitia de irregularidades às autoridades competentes. O que não se pode, em hipótese alguma, é atribuir ao bispo características incompatíveis com a liderança que exerce perante milhões e milhões de cidadãos brasileiros e estrangeiros”, disse, em trecho da sentença.

A decisão é de primeira instância e Haddad pode recorrer ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

COMENTÁRIOS

5 respostas

  1. Esse dinheiro será bem usado nas ações sociais da igreja, quem saiu ganhando foi o povo brasileiro. O dinheiro da corrupção vai pra ajudar os mais pobres.

    1. Esse dinheiro vai direto para o bolso dele.Ele já é mega bilionário, mas para os gananciosos, dinheiro nunca é demais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *