STF deve julgar prisões em segunda instância no início de 2019

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, deverá pautar no início de 2019, o julgamento das ações sobre prisão de réus condenados em segunda instância


Por Brasil 247

Segundo os jornalistas Carolina Brígido e Paulo Celso Pereira, do jornal O Globo, a tendência da Corte é manter o entendimento atual, de que a pena pode começar a ser cumprida depois que a condenação for confirmada pela segunda instância.

O julgamento terá impacto no destino do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que é mantido como preso político desde abril deste ano, após ter sido condenado em segunda instância no processo relativo ao triplex do Guarujá, investigado pela Operação Lava-Jato.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *